Carregando...



4 filmes para o halloween 2012

lista+filme+halloween

Dia das Bruxas foi ontem, mas o final de semana começa só amanhã! Pra não perder o pique trevoso dessa festividade macabra, reuni quatro filmes com temática "sobrenatural" pra você assistir com os amigos ou só - se tiver coragem. Tá, são filmes simples, não dão tanto medo, mas são ótimos pra comemorar com um sorvetão. Se joga na cama e aperta play!

Quero mostrar esses quatro longas maravilhosos, de época diferentes, de abordagens diferentes. O primeiro pôster é do filme Contos do Dia das Bruxas (Trick r' Treat), de 2007, que narra uma história maior a partir de quatro curtas que se misturam. 


É o Halloween incorporado em suas crendices (as abóboras, os mortos caminhando na Terra por 24 horas e até um azarado psicopata), de perspectivas diversas (desde o que crianças fazem, pedindo doces nas casas, aos adultos safadinhos que se fantasiam num carnaval americanizado pra conseguir sexo fácil). O grande barato de tudo é como cada história se interliga devagarzinho, como uma só cena dá gancho pra continuar outra história (todas se passam no mesmo bairro). 

O visual, apesar de não ser do tipo mais caro e mais produzido do cinema, é uma jóia, assim como os cenários: tudo transmite a sincera força que tem essa festividade. Ótimos tons de laranja, preciosos tons de vermelho (Anna Paquin, a Sookie de True Blood, que o diga!) e bom manuseio de estereótipos (a menininha estilo Carrie, A Estranha que ri por último) e por aí vai. O tempo passa sem nos dar chance de perceber. 


Já com as Jovens Bruxas (The Craft, 1996) preciso levantar a bandeira do "eu sou suspeito". É um dos meus Top 5 e não vai sair de lá nem com porrada. Sarah (Robin Tunney, Teresa em The Mentalist) se muda para Los Angeles depois de tentar suicídio. No colégio católico, se mistura com as três badgirls com fama de bruxas: Nancy (Fairuza Balk, Sapphire do épico Quase Famosos), Rochelle (Rachel True, nenhumpapelimportante) e Bonnie (Neve Campbell, eterna Sidney Prescot da franquia Pânico). 

Juntas, humilham o cara mais galinha da escola, ficam ricas, lindas, fazem as vadias ficarem carecas e invocam o poder de um deus ancestral muito irritado. O que me faz gostar dessa falsa futilidade é a maneira com que os rituais são tratados (nada de efeitos especiais exagerados, mas sim velas e palavras convictas), quartos com lareira + sorvete + amigas fazendo bruxaria e O FIGURINO! Estilo rocker e excessos de crucifixos marcaram esse clássico teen dos anos 90! Se não viu, tá na hora!


Vi agora que O Segredo da Cabana (The Cabin In The Woods, 2011) teve sua estreia cancelada nos cinemas do Brasil, infelizmente. É o melhor filme de terror lançado há um bom tempo (apesar de amar Atividade Paranormal, o roteiro e a trama desse longa supera pelo conteúdo) e dividiu opiniões. No trailer, o filme diz que "você acha que conhece essa história", e é isso que parece: você jura que já viu esse filme várias outras vezes.

Porque são jovens doidos por farra se hospedando numa cabana no meio do nada. O que você espera? Assassinos em série com máscaras de hockey, nem um pouco de inteligência das personagens e um conto inútil que, no fim, só serviu mesmo pra dar dinheiro à produtora. Só que estamos falando de O Segredo da Cabana e você vai ver que NADA É O QUE PARECE! Em caps!

Além de inteligentíssimo, consegue ser engraçado num momento ou outro tanto quanto consegue assustar (e assusta!). Além de ser uma ironia ao mercado cinematográfico, uma piada contra os hipócritas "sóbrios" da sociedade e uma homenagem sem medidas ao gênero horror. Já tem pra baixar em 1080p, então não espere sair em DVD: marca pra assistir no sábado!


Por último, outro do meu Top 5: Os Garotos Perdidos (The Lost Boys, 1987). Só posso dizer que o fato de eu usar brinco numa orelha só saiu daí, que gastei uma fortuna pra comprar o sobretudo que nem o do vampiro-teen-quando-vampiros-teen-eram-vampiros-de-verdade David (Kiefer Sutherland) e que o próprio Kiefer era uma de-lí-ci-a quando mais jovem. Na verdade, o elenco quase todo era formado por piteizinhos. 

Quando a mãe fica quebrada depois de se separar do marido, Michael e Sam acompanham a linda senhora Lucy para Santa Carla, onde se hospedam na casa do pai dela, o excêntrico avô taxidermista com cara de maconheiro. Depois de conhecer Star num show na orla (E QUE ORLA MARAVILHOSA PRA QUEM CURTE ROCK E BEBER NA RUA, COMO EU), se envolve com um grupo de motoqueiros que só faz coisa doida. 

Logo passa a dormir de dia e festejar à noite e aprende que ser imortal pode ser um incômodo quando você tem um irmão mais novo e uma mãe pra deixar orgulhosa. Sam, o caçula viciado em quadrinhos, conhece os irmãos Frog (um deles é o eterno Bocão dos Goonies, Corey Feldman) e partem na caça dos vampiros com altíssimo senso pra moda punk, cabelos compridos feitos sob design e decoração anarquista

Nem vou falar que você vai ser um cocô pra mim se não assistir. Aproveite teu sábado!


Compre a sua!


Comente com o Facebook:

Últimos Artigos