Carregando...



Quando seus melhores amigos estiverem namorando

amigos

Eu e meus amigos mais próximos nos conhecemos na mesma época, no mesmo colégio, lá no começo do ginásio. Crescemos juntos, mudamos de escola, nos encontramos de novo e nos tornamos inseparáveis. Só que a casa dos 20 anos nos preocupa, porque todo mundo quer namorar sério. Nosso medo é: e quando nosso melhor amigo estiver namorando, como é que os solteiros ficarão?


Pergunta estranha? Ok, vou explicar melhor. É uma conversa constante, pois nós, amigos, nos apoiamos uns nos outros nos momentos de carência (e nao apenas), sentimos real falta uns dos outros durante a semana, compartilhamos todas as novidades e gastamos boas horas ao telefone. Mas no dia em que namorarmos, dentro das hipóteses que discutimos, corremos o sério risco de ter a carência abolida, as novidades limitadas e pouca necessidade de ficar ao telefone.

Porque ter um namorado, pelo menos pra gente, é ter um amigo que possamos beijar na boca e amassar de vez em quando. E sabemos que o namorado ideal vai ser aquele que não implique com nossa amizade e que esteja disposto a conhecer esses mosqueteiros que estão juntos desde épocas de escola. O medo é que, quando as pessoas namoram, elas se afastam naturalmente.


Já vimos o exemplo mais de uma vez, aconteceu de verdade. Também conhecemos casais que continuam saindo pra se divertir com os amigos, mas isso porque ambos já eram nossos companheiros. Mas e quando a pessoa é completamente estranha ao grupo? Pode ser que ela rejeite a participação nas noites por medo de sobrar, de boiar nos assuntos. Ou pode ser que o próprio grupo, mesmo que a nível subjetivo, ignore essa pessoa.

Acho que essa é a maior razão de não estarmos namorando (excluindo meu problema em receber carinho com tons sexuais e ser cuidado, depois falo disso), o medo de nos afastarmos. Porque isso tem altas chances de acontecer mais pra frente, quando "casarmos" e tal, é o natural. Até lá, a gente só quer estar uns com os outros pra reclamar de como ninguém quer algo sério hoje em dia. Queremos zapear por filmes com um balde cheio de salgadinhos ou apagar as luzes da sala, ligar o jogo de iluminação de DJ e deixarmos os clipes, quaisquer que forem, nos embalar no TVZ.


O negócio piora se você for o último solteiro. Aí o bicho pega. Mas esperamos estar errados, todos nós. Esperamos que mesmo se namorarmos, não nos sintamos satisfeitos uns dos outros. Queremos sentir falta das risadas sem compromisso, de como podemos nos chamar de irmãos na frente de nossos próprios pais e abrir a geladeira na casa do outro.

Queremos essa intimidade pra sempre, mesmo sabendo que o "pra sempre" sempre acaba.
Namoro é coisa séria. Quando falo de namorar aqui, não estou usando da forma que vejo o pessoal fazendo, namorando por status ou só pra matar tempo. Falo de uma entrega, quando você decide estar com alguém porque a confiança e o carinho transcendem a vontade de causar inveja ou matar o medo da solidão. Namoro é coisa séria, repito. Só não significa que precise ser um monstro.

E aí? Você tem medo do dia em que todos os seus melhores amigos estiverem namorando? Só não vale fazer macumba pra deixar o relacionamento dazamiga uma merda, só pra elas voltarem a te procurar pra você dizer: "nunca confie em amor de pica. Amizade é o que bate e fica."

Comente com o Facebook:

Últimos Artigos