Carregando...



Lucius (PC)


Adoro histórias de terror que envolvem o Diabo e seus filhos. Livremente baseado na trilogia (e o resto) do filme A Profecia (The Omen, originalmente), Lucius é um jogo de suspense e terror psicológico onde você não é uma das vítimas, mas sim a própria cria de Satã, e precisa matar toda sua família e amigos para acumular almas para seu pai verdadeiro.

Lucius é apaixonante dentro dos moldes em que foi desenvolvido. O Diabo aparece como uma figura estereotipada (homem de terno e chifres que você só pode ver na sombra atrás dele) e você é a criança introspectiva, calada e estranha que vai recebendo cada vez mais poderes ao completar missões de matar alguém. Não pense que matar é fácil nesse jogo. Você é um molequinho e seus poderes ainda estão em desenvolvimento.


É preciso ser criativo e usar os objetos do mapa para criar pequenos acidentes, como fazer o piano cair em cima do técnico de conserto ou matar a empregada congelada arranjando um jeito de quebrar a fechadura do frigorífico com ela dentro sem deixar suspeitas. Cada assassinato é registrado num diário de progresso e pra cada missão cumprida, além de um pedaço dos poderes (como mover objetos à distância, apagar a memória de quem te viu fazendo "magia" ou lançar bolas de fogo) você recebe presentes, como um tabuleiro Ouija ou um triciclo. 

Os gráficos são bonitos, mas limitam bastante a animação das personagens, principalmente nos diálogos. Não chega a estragar, já que para o tamanho do jogo — que pesa pouco — é muito. O enredo, que não é surpreendentemente criativo mas é bem sucedido ao nos dar a chance de agir como o monstro em pele de cordeiro (ou bode, se cair melhor no contexto satânico), se destaca mais. As mortes são bem planejadas e você vai quebrar a cabeça um pouquinho pensando nas pistas.


É um dos poucos jogos recentes por qual senti inspiração e vontade de zerar logo, fazendo-o em dois dias de matança, dor de cabeça e fogo. E me deu vontade de assistir todos os filmes d'A Profecia e fazer uma matéria especial aqui pro DDPP só sobre os filhos do diabinho. 


Como se eu já não fosse esquisito o suficiente...  assista o trailer aí:




Comente com o Facebook:

Últimos Artigos