Carregando...



Os Estagiários (2013)


Inspirador! Antes de assistir The Internship, ouvi críticas muito negativas. Assistindo ao filme sem nenhuma esperança, pude absorver o que uma das melhores comédias com significado do ano trouxe: vontade de mudar. É obrigatório pra qualquer discípulo de Peter Pan e, sem dúvidas, o meu novo filme favorito. Tem até uma partida de quadribol na vida real, com a galera da Google! Imperdível!

Billy (Vince Vaughn) Nick (Owen Wilson) são ótimos vendedores, mas quando a empresa pra qual trabalham abre falência por ser ultrapassada, eles se enxergam velhos, sem futuro e cheios de frustrações nas costas: sem família, sem carreira e sem perspectiva, com um talento construído no passar das décadas, mas obsoleto nesse novo milênio, na era da tecnologia. Até que Billy os inscreve como estagiários na Google achando que é o paraíso profissional na Terra (com quadra de vôlei, comida de graça e horários flexíveis).


Os Estagiários (The Internship), 2013

Só que chegando lá, são quarentões no meio de um monte de adolescentes por volta dos 20 (que, como bem dito no filme, sem comportam como se tivessem 12), sem nenhum conhecimento tecnológico e, pior ainda, totalmente fora dos estereótipos de nerd que conhecemos. Amei tanto Os Estagiários porque fala de não ter idade pra buscar (olha a Google pra fazer analogia) uma vida melhor. Não sobre dinheiro ou sobre trabalho que é o paraíso, mas pra acordar todos os dias com vontade de fazer algo que ame. 

Nick, personagem de Owen Wilson, fala que "meu primeiro pensamento ao acordar é arrependimento" e essa frase ficou batendo na minha cabeça desde então: não quero ser um babaca. O Discípulos de Peter Pan é exatamente isso, pra gente não chegar aos 40 com sensação de que não realizamos nada porque não nos encaixamos nos moldes sociais ou porque estamos velhos: se ainda respiramos, podemos fazer o que bem entendermos!

Falando de elenco, os protagonistas são um banho de carisma! Owen Wilson e Vince Vaughn (que escreveu e produziu o longa) são vendedores natos: o que falam, você adora. Não dá pra não sorrir com eles. Tanto que a comédia é digna de sessão da tarde, toda limpa, sem apelação. Aparece um peitinho aqui e outro ali num momento específico do filme, mas com um sentido muito importante pro enredo. Outros atores incríveis, que formam a equipe de estagiários que precisa passar por diversos desafios pra ganharem a vaga com eles, fica por conta de jovens atores divertidos (incluindo Dylan O'BrienStiles de Teen Wolf) e tão amáveis quanto.


Os Estagiários (The Internship), 2013

Pra um cara como eu, que largou faculdade e estágio pra viver em casa cuidando de site, escrevendo livros e participando de concursos culturais sem ganhar um tostão, esse filme é uma ótima autoafirmação: você tá no caminho certo desde que não se torne um encostado ou infeliz. Porque tem dias que é assim que me sinto, um fracasso que vai chegar aos 30, olhar pra trás e dizer: poderia ter feito isso, aquilo e blá, blá, blá. Por isso faço o que tenho de fazer hoje! Por isso me apaixono, como besteira, dou menos satisfação pros outros e me amo um pouco mais.

Pensar no amanhã a gente pensa, inevitável. Mas ele ainda não existe, baby. É o agora que importa. Quanto tempo mais vai perder esperando um milagre? Quanto tempo vai gastar jogando culpas em cima dos outros? Assista The Internship e aprenda o seguinte: tudo na vida pode ser tornar lição. E o mundo, com ou sem Google, pode ser muito mais colorido. 



FacebookYoutubeTwitterConheça o autor

Comente com o Facebook:

Últimos Artigos