Carregando...



Odd Thomas (2013)

Veja mais filmes
Baseado num livro!
Sabe aqueles filmes que você assiste de surpresa? Alguns acabam sendo bastante negativos (ou nulos), principalmente os que envolvem terror ou fantasia, mas dessa vez fiquei apaixonado pela história. Baseado num best-seller, a história é de um garoto que pode ver os mortos e ajuda a polícia a resolver pequenos casos na cidade. Só que, dessa vez, algo maior está em jogo.

prós +espíritos  +protagonista gato  +casal badass  +satanismo  +final diferente 
contras -crimes previsíveis 


 Anton Yelchin (remake de Hora do Pesadelo) Addison Timlin (Amigos Inseparáveis) Willem Dafoe (Homem-Aranha) Nico Tortorella (Pânico 4) Patton Oswalt (Jovens Adultos)


sobre o filme O roteiro não é dos mais inteligentes, mas foge do comum ao envolver comédia com seriedade emocional em momentos necessários, como o foco dado ao relacionamento de Odd (em inglês, "odd" significa "estranho", mas tá bem explicado na trama) com Stormy, a namorada que todo cara amaria ter — eu quero! A cumplicidade que o texto entrega pra mostrar como Odd é refletido pelas pessoas que o cerca, é orgânica, flui naturalmente.

Tanto que, tendo esse dom de ver mortos (só ver, mortos não falam), acaba pagando como herói, pois é ele quem os espíritos procuram quando estão em apuros. Quando não tá correndo atrás de provas que incriminem os safados (seu pai é policial e sabe de suas habilidades, o que ajuda bastante), trabalha como um cozinheiro sem igual — cheia de efeitos especiais. Sua filosofia de vida na cena em que se apresenta na cozinha é inspiradora!


Mas já no meio do vuco-vuco você desvenda o desfecho dos crimes, o que é uma pena. Odd Thomas acaba ficando com cara de filme pra sábado à noite, principalmente se estiver namorando. Até ver o filme, não fazia ideia da existência dos livros ou de que o autor era tão conhecido no gênero de suspense, mas foi até bom assim — pude avaliar o filme por ele sozinho, que é dirigido por Stephen Sommers, o responsável por Van Helsing: O Caçador de Monstros e O Retorno da Múmia (filmes considerados ruins, mas com carisma).

Odd Thomas não é ruim. É um bom entretenimento, tem ótimo casal protagonista, envolve o mundo sobrenatural que amo, tem efeitos medianos, dá choque de carisma e muda os ares, talvez pelo ótimo elenco. Vale pra ver naquelas madrugadas quando você excluiu todas as opções da estante, sem vontade de assistir nada. Coloque Odd Thomas pra rodar e tire suas próprias conclusões.


FacebookYoutubeTwitterConheça o autor

Comente com o Facebook:

Últimos Artigos