Carregando...



E se eu não der certo na vida?

Leia mais autoajuda
O medo do fracasso congela.
Sem faculdade, sem cursos terminados, sem carreira pra construir de maneira convencional, sem um salário fixo, vez ou outra choro por medo de nunca dar certo, de não conseguir me sustentar no que amo: escrever. Aposto que todo jovem tem esse medo, de não ser bem-sucedido no caminho que escolheu. Mas o que é ser bem-sucedido? E o que é esse medo?

Imagem: flickr.com/photos/sheilalamarie

O MEDO
Lily Allen é uma das cantoras que, pra mim, melhor expressou os medos do fracasso nas músicas The Fear e 22. Nós, jovens, mal saímos do Ensino Médio, onde tínhamos de pedir permissão pra tudo e vivíamos sob a tutela de professores, para uma escolha aterradora que, segundo todo adulto, define nosso sucesso ou fracasso sem segundas chances: o que cursar na faculdade?

A gente sabe que o mercado de trabalho é amargo, que "quem não tem estudo, não vai a lugar nenhum", o que acaba limitando as opções. Onde, por exemplo, uma aspirante a bailarina precisa largar a dança pra se dedicar à administração porque é a escolha mais segura para que ela, daqui a quinze anos, tenha dinheiro suficiente pra ostentar uma casa perfeita, o carro do ano, e que sirva para que os pais mostrem aos vizinhos como sua cria é bem-sucedida. 

Com isso, crescem os adultos frustrados que têm medo de mudanças, que não seguem seus instintos (especialmente os que não estão nas grades da faculdade) e que precisam de um pedaço de papel pra se comprovarem como seres humanos. Me sinto diminuído muitas vezes pelos amigos infelizes no que cursam e trabalham, por ter abandonado a faculdade e uma carreira promissora para ficar em casa cuidando de "blogzinho", escrevendo romances pra um Brasil que não sabe ler

Imagem: flickr.com/photos/olli103

O QUE SIGNIFICA SER BEM-SUCEDIDO?
Para os de cabeça fechada, ser bem-sucedido é trabalhar 12 horas por dia pra poder comprar um monte de coisas e provar que podem comprar o que quiserem. Ser bem-sucedido é se fazerem acreditar que todos os anos gastos empurrando um curso superior com a barriga são recompensados com pacos de dinheiro. Tem quem goste? Claro que tem. Só que vai perguntar quem realmente trabalha no emprego dos sonhos ou faz o que ama. As respostas vêm claras.

Dentro do que vi no exemplo da minha mãe e do que aprendi quando abandonei tudo pra fazer o que amo (mesmo que a consequência fosse ficar sem dinheiro), ser bem-sucedido é ter vontade de acordar pra fazer o que é necessário. No começo do meu estágio como designer gráfico, eu acordava assim, amando meus companheiros de trabalho, minhas atividades e minha rotina. Mas meu sonho de me tornar escritor e vender meus livros gritava no meu ouvido, já que estudando e trabalhando não tinha mais tempo pra isso. 

Hoje, vivendo com os miojos que minha mãe compra e uns trocadinhos que ela me dá por eu cuidar da casa, me sinto bem-sucedido porque (a) acordo com tesão pra escrever 7 posts seguidos pro DDPP (b) reviso meu livro — que vai sair em breve pela Amazon — como se essa tarefa chata fosse a mais legal do universo (c) tenho tempo livre pra sentar na varanda e tomar café (d) os únicos estresses que tenho são comigo mesmo, não por situações que não posso controlar ou atitudes dos outros.

Imagem: flickr.com/photos/swiiffer

COMO DAR CERTO NA VIDA?
Uma das minhas melhores professoras me disse numa conversa: "você vai ser bem-sucedido no que fizer por amor". Porque fazer algo  pra ganhar dinheiro vai te fazer bem-sucedido nas finanças, mas de que vai adiantar se você vive triste ou reclamando da vida? Desculpa te falar, mas DINHEIRO NÃO COMPRA FELICIDADE. Ajuda, claro, porque é menos um problema na cabeça, mas sozinho nem pensar. É um conjunto de coisas/pessoas/lugares/situações/perspectiva que te torna feliz.

O medo de não dar certo é comum porque, como disse, nos ensinaram que só temos uma chance de acertarmos na vida, o que é mentira. Pra carreira de modelo, depois de certa idade, é impossível mesmo, mas pra ganhar dinheiro ou fazer algo por amor, existem saídas aos montes.

Imagem: flickr.com/photos/33475738@N04

DICAS DE QUEM EXPERIMENTOU

Saiba o que você quer e corra atrás, sem esperar que caia do céu;

Ninguém vai estar satisfeito com suas atitudes, então pare de querer dar orgulho aos outros e procure se orgulhar do que faz;


Não tenha medo de arriscar. Todo início é complicado, quase toda mudança é dolorosa;

Tenha paciência: você só vai colher os frutos que plantar, e mesmo assim pode levar mais tempo do que aquele garoto que se formou aos 22 anos e já conseguiu um apartamento. 

A vida não é uma corrida, neném. Pode parecer, mas é tudo ostentação. As pessoas mostram no Facebook a melhor parte de suas vidas porque precisam atestar que estão bem e felizes pra elas mesmas. Cada carreira e atividade tem seu tempo, sem falar que fatores como sorte e contatos influenciam também. É quase impossível não dar certo na vida, a não ser que você pare de tentar

Imagem: flickr.com/photos/52166122@N06

Gente persistente, que sente que não teria outras razões pra viver senão realizando os sonhos cedo ou tarde (muito cedo ou muito tarde, até), alcança o que almeja. Até lá, aproveite o que tem nas coisas simples, desapegue dos grandes gastos, dê bom dia pras pessoas ou se isole. Mas faça o que você acha que funciona, não o que te disseram ser exato. Olha quanta gente infeliz tem no mundo, é prova suficiente!

É uma cilada, Bino.

5 dicas para quando você sentir que não é bom o suficienteSUPERAR MEDO DE JULGAMENTO - Vlog Sem HComo ser mais bonito sendo feliz20 maneiras de ser alguém melhor
FacebookYoutubeTwitterConheça o autor

Comente com o Facebook:

Últimos Artigos