Carregando...



Doadores, trocadores e tomadores: quem é você na relação?

doador+trocador+tomador+relacionamento
Quais tipos funcionam?
Adam Grant, famoso gestor de pessoas nos Estados Unidos, serviu de inspiração para sites de relacionamento trabalharem sobre três principais tipos de pessoas: doadoras, trocadoras e tomadoras. Adjetivando a predominância de comportamentos na vida, fica mais fácil ter uma visão geral da rede emocional em que você está inserido. Quer saber mais? Ainda tem infográfico pra ajudar!


DOADORES

Sabe aquela pessoa que quer agradar o tempo todo? Que chega a sufocar com tanto carinho e presentes? Esse é o perfil doador. Quando nesse extremo, um doador pode se sentir tão inseguro com a permanência do parceiro, que faz de tudo para assegurar o quanto ama. Há também o doador que possui generosidade e falta de egocentrismo negativo nas veias de maneira equilibrada, doando pelo prazer de fazer bem ao parceiro, independente do que o outro lhe devolve.

 com doadores, viram casal melado mas, possivelmente, feliz.
✖ com trocadores, doadores se tornam mais conscientes do que oferecem e recebem.
✖ com tomadores, não entende por que o parceiro não fica satisfeito. Assim, doa mais para apaziguar.



TROCADORES

Sou trocador absoluto! Óbvio que entrego carinho com sinceridade, tentando manter orgulho ou medo de parecer vulnerável no chinelo, mas se não percebo retorno, largo de mão. Quando recebo mais do que tô dando, reconheço o carinho e tento devolver na mesma intensidade. Ser um trocador é equilibrar o que vem de positivo e o que vem de negativo para aproveitar melhor o que sai da relação.

✖ com doadores, receber amor sem cobranças deixa trocadores confortáveis para se entregarem.
✖ com trocadores, esperam alguém dar o primeiro passo para, assim, iniciarem a troca.
✖ com tomadores, não rola. Trocadores não suportam migalha de carinho.


TOMADORES

O terceiro perfil agrupa pessoas que só sabem tomar (e acham que não recebem o suficiente). Clamam por atenção, se mostram insatisfeitos, reclamam sem motivo e, como a Rosana Braga diz no vídeo ao final do post, são os primeiros a ir embora quando buscam alguém novo para "parasitar".

✖ com doadores, absorvem insegurança para cobrar atenção e inflar ego.
✖ com trocadores, não há relação: ninguém oferece nada a ninguém.
✖ com tomadores, são egoístas demais para darem certo.


Falei um pouco sobre o tema no meu vlog, sobre como meninos e meninas se entregam (gays e héteros):



E aqui o vídeo da Rosana Braga, que trata o assunto de maneira delicada e direta. Deleite-se:




Você doa, troca ou toma mais na relação?
Com que tipo já esbarrou? Comente!


FacebookYoutubeTwitterConheça o autor

Comente com o Facebook:

Últimos Artigos