Carregando...



10 filmes sobre recomeços para ver na primavera

Vento fresco, inocência e amor!



10 filmes sobre recomeços para ver na primavera
Hoje começa a estação das flores! É sinônimo de despertar, de mudanças que terão início para serem aproveitadas por completo quando chegar o verão! Já que o inverno é uma fase de desapego e desconstrução, aposto que você deixou muitas bagagens emocionais para trás. Esses filmes servem para dar uma motivação extra enquanto você corre atrás de uma vida mais feliz!

***

1. COMER REZAR AMAR
Eat Pray Love (2010)

Nada melhor que abrir a lista com Julia Roberts interpretando uma escritora que tem tudo: sucesso, marido, casa, dinheiro... mas sente que não tem nada. Ela é a vizinha rica que a gente olha e imagina ter uma vida melhor que a nossa. Ela se sente isolada, sem motivação num cotidiano que a sociedade escolheu por ela. Num surto, pede divórcio, perde a casa e tira férias na Europa antes de ir pra Índia, onde redescobre o amor próprio, o tesão de comer sem culpa, o lado divino e amores. Tem duas horas e meia de duração, mas consegue mudar sua vida — e você não precisa ir à Europa pra isso.



***

2. O JARDIM SECRETO
The Secret Garden (1993)

Uma menina rica e solitária perde tudo quando os pais morrem após um terremoto. Depois de meses num orfanato, é enviada para a mansão do tio, um lugar depressivo. Sem querer, ela descobre que possui um primo que passou a vida em cima da cama por ser hipocondríaco (achar que tem doenças que não tem). Ele é alérgico ao sol, ao vento, não sabe andar e nunca foi visto pelo pai, que desde que a esposa morreu tem medo de se apaixonar pelo filho — e tudo que esse homem não quer é se apaixonar de novo, muito menos por uma criatura tão frágil. Essa menina arranca o garoto da cama e mostra que muitos dos problemas que criamos são grãos de areia transformados em montanhas. É lindo, divertido e eu choro.



***

3. MESMO SE NADA DER CERTO
Begin Again (2014)

Virou preferido instantaneamente. Tem narrativa dinâmica e muita música! Uma compositora de gaveta divide o palco com um amigo logo após ser abandonada pelo namorado — que ficou famoso. Por um acaso (muito bem explicada depois), um produtor musical decadente a ouve e percebe a minha de ouro que possui nas mãos. Enquanto ele tenta convencê-la a assinar um contrato, ela tenta mostrar que dinheiro não é tudo. Juntos, inventam uma ideia que agrada a ela, a ele, a um monte de artistas, e que muda tudo que sabem sobre a vida. A trilha sonora é original (e viciante, já tenho o álbum), tem Adam Levine cantando com a Keira Knightley e toda essa energia de recomeços da primavera. Vai por mim, é muito bom!



***

4. OS ESTAGIÁRIOS
The Internship (2013)

Já falei desse filme aqui no DDPP. Dois amigos, adultos, se veem fora do mercado de trabalho e de todos os sonhos que já tiveram. Numa investida maluca, se inscrevem como estagiários para a Google e são selecionados! Daí, precisam se adaptar ao mundo tecnológico dominado por jovens absudamente mais preparados e renovar os próprios objetivos. Um exemplo claro que se a gente não mudar ou arriscar, tudo vai continuar o mesmo — ou piorar.



***

5. A ESTRANHA VIDA DE TIMOTHY GREEN
The Odd Life of Timothy Green (2012)

Fofura de filme! Um casal busca a adoção e não é bem sucedido. Numa noite, tentando fugir da depressão de talvez não terem filhos, descrevem em papel como seria a criança perfeita, colocam numa caixa e enterram. Depois de uma tempestade repentina, uma criança brota da terra: o filho que eles tanto queriam — só que cheio de peculiaridades. Choro sempre (sou manteiga). Ensina que nem tudo sai como a gente quer e o perfeito não existe, por isso precisamos lidar bem com o que temos e, se possível, arranjar um jeito de melhorar.



***

6. UM DIVÃ PARA DOIS
Hope Springs (2012)

Ótima abordagem sobre a vida sexual de um casal de adultos entediados pela rotina. Num último tiro de esperança, participam de um programa de "recuperação de casais". Aí descobrem que muitos dos problemas parte dos arquétipos, receios e preconceitos montados por eles mesmos com o passar dos anos. A lição: a gente sempre pode se renovar enquanto estivermos vivos e tivermos vontade!



***

7. DIVÃ
Divã (2009)

Quem nunca chorou rios com esse filme maravilhoso? Mercedes é uma mulher que tem a vida perfeita, tudo que sempre quis. Só que quando começa a fazer terapia por curiosidade, percebe insatisfações que nem sabia existir acerca de si e dessa rotina ideal. Aos poucos, absorve as faltas que ignorava e passa a saná-las, uma a uma. Afinal, a vida não para um instante — a não ser que você morra, aí não tem jeito. Esse filme é a definição perfeita daquele artigo que publiquei sobre sorrir por ter acontecido e não chorar por ter acabado.



***

8. FRANCES HA
Frances Ha (2012)

Já falei sobre as 20 lições que aprendi com Frances Ha. Frances é uma moleca de trinta anos que não aceita que a vida muda, que nem todos os sonhos podem ser realizados e que precisamos explorar novas opções, nos moldando enquanto a vida se molda ao nosso redor. Ele é todo em preto e branco, apesar de atual, e tem um ar hipster apaixonante. Quero ver você não amar Frances tanto quanto eu.



***

9. SOB O SOL DA TOSCANA
Under The Tuscan Sun (2003)

Lembra Comer Rezar Amar, contando a história de uma escritora que passa por um divórcio e perde tudo. Louca, compra um chalé na Toscana para recomeçar, mas dá tudo errado. Com o passar do tempo, conquistando as coisas que ela sentia falta na antiga vida, deseja muito (e muito!) um novo amor. Sofre por isso, aprende a se valorizar e o aprendizado-mor: é quando a gente não procura que encontra o que precisa. Maravilhoso!



***

10. VIDA DE INSETO
A Bug's Life (1998)

Clássico da animação, conta a história de formigas dominadas por gafanhotos maldosos que se aproveitam da colheita das coitadas. Só que a natureza não as beneficia num ano e os gafanhotos decidem atacar o formigueiro e tomar o sustento das formiguinhas. Com medo dos monstros, não se revoltam e aceitam o regime de opressão até perceberem que se não lutarem, se unindo a outros insetos, nada vai mudar. Se nunca viu, estamos na estação ideal! Como não achei trailer, deixo uma das minhas cenas preferidas:



***

+1. HOPE SPRINGS: UM LUGAR PARA SONHAR
Hope Springs (2003)

Um desenhista toma um pé na bunda da noiva e se muda para Hope (esperança) para se isolar e sofrer de depressão. Vendo a patetice do homem, a dona do hotel apresenta uma mulher excêntrica (mas muito gente boa) para o cara e eles logo começam alguma coisa. Percebendo que a vida sem esse cara é um saco, a ex-noiva volta para pegar de volta o que é dela. Aí ele precisa escolher começar de novo com alguém completamente insano ou retornar à zona de conforto da antiga vida. Engraçadinho, fofo e clichê.



Faltou algum filme? Sugira nos comentários!

Como se cobrar menos10 músicas pra curar tristeza e desânimo20 filmes dos anos 90 pra ver de novo - Parte 1Playlist pra melhor primavera de todas
FacebookYoutubeTwitterConheça o autor

Comente com o Facebook:

Últimos Artigos