Carregando...



"Um Gay Suicida em Shangri-la", meu novo livro

Um Gay Suicida em Shangri-la
Conheça meu terceiro livro!
Enrique Coimbra e Um Gay Suicida em Shangri-la

Meu aniversário de 22 anos (e o segundo ano do Discípulos de Peter Pan no ar) foi comemorado uma semana antes, no evento Então, eu li: Na Estrada (postei todas as fotos aqui). No dia 11 de setembro, a data certa, lancei meu terceiro livro, "Um Gay Suicida em Shangri-la". Inspirado na minha própria tentativa de suicídio, essa obra narra a história de Eduardo depois que ele também sobrevive à uma tentativa de suicídio.

Em vez de voltar ao mundo dos vivos infeliz e pronto pra tentar outra vez, ele resolve viver tudo de maneira diferente. Assim ele pega uma mochila de roupas, rouba dinheiro dos pais opressores e pede carona de São Paulo até o interior do Rio de Janeiro, para uma cidade chamada Estrelas.

Livro Um Gay Suicida em Shangri-la

Todo o trabalho gráfico da capa, assim como a diagramação e preparação, é meu! Além de escrever, revisar — com ajuda de pessoas preciosas, já vou falar delas — e sofrer para reescrever tudo que estava chato, montei cada pedaço do meu livro, o mais bonito esteticamente.

Sabe o que significa Shangri-la? Wikipédia explica:

"Shangri-la, da criação literária de 1925 do inglês James Hilton, Lost Horizon (Horizonte Perdido), é descrito como um lugar paradisíaco situado nas montanhas do Himalaia, sede de panoramas maravilhosos e onde o tempo parece deter-se em ambiente de felicidade e saúde, com a convivência harmoniosa entre pessoas das mais diversas procedências."
O título remete a encontrar um paraíso perdido dentro de si, não fora — o que é a mesma coisa que a felicidade. Ou seja: todos nós buscamos nossa Shangri-la.

Livro Um Gay Suicida em Shangri-la

Livro Um Gay Suicida em Shangri-la

Dá pra ver um pouco mais da sinopse na foto acima! Depois de escrever a fantasia sombria "Os Hereges de Santa Cruz" e o sádico romance "Sobre um garoto que beija garotos", senti necessidade de compartilhar meus aprendizados pós-suicídio escrevendo um livro mais doce, o meio-termo entre meus dois primeiros filhotes.

Livro Um Gay Suicida em Shangri-la



Brunna Casati ♥

Depois que revisei cinco vezes, ofereci o livro para amigos capazes e leitores interessados — como falei nesse post aqui, revisar é importante pra caramba! Tenho que agradecer ao Paulo Bessoni e ao Thiago "Hekator" Souza que me entregaram ótimas correções. Porém, o destaque vai para a Brunna Casati. Sem ganhar um tostão, ela leu o livro duas vezes para entregar um relatório completo com todos os erros e sugestões. Brunna, obrigado por dar tanto valor ao meu trabalho! Nunca vou agradecer o suficiente — e nunca vou esquecer disso ;)

Livro Um Gay Suicida em Shangri-la

A sensação de ter meu próprio livro nas mãos jamais se tornará ordinária — mesmo que já planeje lançar meu quarto título em dezembro! Preciso agradecer a você que lê o DDPP, compra meus livros e acredita no potencial de um garoto que está publicando de maneira independente, mas com muita qualidade — disso falo com orgulho! Não desista de seus sonhos! Se você se esforçar, será uma questão de tempo, nunca de um "talvez".

 Compre a versão física aqui.
 Compre a versão digital aqui.
 Visite o site oficial.




5 livros gays pra ler num final de semanaComo usar Kindle no PC e baixar livros de graçaGay folk + indie playlistGuia de como escrever um livro
FacebookYoutubeTwitterConheça o autor

Comente com o Facebook:

Últimos Artigos