Carregando...



Como controlei meus surtos de raiva

Como controlar raiva
Sem quebrar nada em casa!
Discipulos de Peter Pan - Como controlar raiva

Nosso cérebro extravasa raiva de diversas maneiras. Algumas pessoas xingam, outras pintam, e outras são capazes de matar num surto. Eu estava na categoria dos que precisam se segurar para não arrancar a jugular de alguém com os dentes. Como consequência, quebrava tudo no meu quarto ou o que visse pela frente — desde que não estivesse vivo.

Testando jeitos de me controlar com o passar dos anos — e com real paciência dos meus pais, que compreendiam que esse descontrole era mais do que um garoto mimado putinho, mas uma condição psicológica — achei um jeito de manter a consciência durante as explosões. Quero te mostrar como.


SE CONTROLE ANTES DE PRECISAR DE CONTROLE

O controle dos surtos começa antes dos surtos, não durante. Enfie na cabeça que é possível manter o controle antes de explodir. Sei que na hora é difícil de controlar, pois é como se a raiva fosse um reflexo imparável, mas estou aqui pra provar que é possível! O truque é ensinar ao corpo que você é dono dele. Não o contrário.


RESPIRE

Fica chato repetir, mas quando estiver puto dentro das calças, conte sua respiração. Inspire, expire. Inspire, expire. Enquanto isso sua consciência vai se encher de ódio, pensando em tudo que dá direito de explodir na cara de alguém ou arrancar a parede na unha. Se mantiver atenção na sua respiração, essa ira vai passar. Seu corpo vai formigar, sua cabeça vai ficar quente, mas assim que a raiva diminuir — o que levará alguns minutos —, vai se sentir no controle.


IGNORE SEU ORGULHO

A gente sente raiva por instinto, mas o que nos leva a brigar é ego: odiamos parecer idiotas na frente dos outros. Não tenha vergonha de se calar ao ser provocado. Não tente se provar certo quando dizem que você está errado. Saiba ignorar momentos de estresse, vaidade e orgulho. É assim que pessoas maldosas tiram sua cabeça do lugar. Não caia em provocações.


SEU ESTÔMAGO É UMA BÚSSOLA

Seu estômago vai tomar um choque, sabe? Ficar gelado e esquentar ao mesmo tempo. Sua cabeça vai latejar e sua visão poderá ficar um pouco escura. É nessa hora que você precisa manter total foco sobre si, POIS VAI FAZER CABUM! Se respirar, tentar se distrair com outros pensamentos, vai se tornar cada vez melhor na arte de ser dono do próprio corpo.


CONVERSE DEPOIS

Evite brigas a todo custo! Sentiu que vai entrar numa discussão pouco saudável? Deixe a pessoa falar. Assim que tiver uma brecha, saia do assunto. Depois que se acalmar, tente de novo. Use sua voz natural e se perceber que está elevando o tom, pare. Discussão violenta não leva a lugar nenhum — o que é diferente de uma discussão saudável. Melhor falar com o coração do que com uma arma. Assim a gente absorve e passa mais do que simples negatividade.


NÃO SÃO SÓ PESSOAS QUE ESTRESSAM

Sou daqueles que se não está conseguindo parafusar uma estante na parede, quer destruir a casa aos murros. Sério! Dá uma raiva tão imensurável que não ligo de morrer destruindo os alicerces do meu lar. Qualquer coisa que gere intensa irritação vira um gatilho para a produção desses hormônios que tiram do sério. Por isso não use essas dicas apenas para se controlar na frente das pessoas. Use para viver bem com os empecilhos da vida — olha a novidade: eles acontecem com todo mundo!

Você tem surtos de raiva? Qual sua dificuldade para controlar? Comente!

Libere seus demônios: razões para fazer merda vez ou outra10 músicas pra curar tristeza e desânimoComo se cobrar menosTentei suicídio e aprendi 20 lições sobre viver
FacebookYoutubeTwitterConheça o autor

Comente com o Facebook:

Últimos Artigos