Carregando...



10 filmes e séries sobre a busca do amor

Veja mais entretenimento
Pra alimentar suas esperanças!
Discipulos de Peter Pan - 10 filmes e series sobre a busca do amor

Na semana de relacionamentos do DDPP falei como arrumar namorado mantendo os pés no chão. Só que mesmo presos ao solo, nada nos impede de sonhar, né? Algo que motiva a acreditar no amor, mesmo que pouco realista, são filmes e séries de TV. Tudo bem que alguns deixam nosso emocional no chinelo — como as 5 séries dramáticas que indicamos para chorar —, precisando controlar mais ainda a ansiedade de encontrar logo "um alguém" (tem guia sobre isso aqui). Se você assistir esses audiovisuais, tente absorver as melhores — e mais plausíveis — lições de cada.

Projeto Mindy
Projeto Mindy (The Mindy Project, 2012 – atualmente)
Essa série é uma das melhores coisas que assisti sobre a busca do amor, o equilíbrio da vida profissional, e de como rotinas podem ser mais interessantes se tivermos vontade de explorá-las. Criada pela atriz Mindy Kalling, que interpreta a ginecologista Mindy Lahiri, tem vinte minutos por episódio e se encontra na terceira temporada. É urbano, consciente da nossa geração, não é necessário assistir com compromisso, conversa sobre minorias e tem comédia improvisada! Uma das melhores na TV.

Looking
Looking (2014 – atualmente)
Com ar um pouco mais sério, Looking foi uma das melhores estreias da HBO. Mesmo começando devagar, a saga de meia hora por episódio, retratando amigos gays buscando amor ou o emprego ideal — ou algo que equilibre esses mundos — ganhou um ritmo viciante. Fotografia maravilhosa, enredo realista e um elenco sem galãs garantiram a segunda temporada da série experimental que quebrou preconceitos e resolveu mostrar o homem gay como humano — e ponto final.

Sex and the City
Sex and the City (1998 – 2004)
Já falei da importância dessa série (e seus dois longuíssimos filmes) na minha vida nesse post velho. Sex and the City identificou uma geração inteira de novas mulheres, que descobriram nas quatro protagonistas da série a pluralidade do sexo, do amor, da família e do relacionamento com o ambiente que as cercam durante seis temporadas! O primeiro filme é mais legal que o segundo, mas os dois acrescentam uma dose de entretenimento livre de culpas e cheias de modelos de comportamento. É pra amadurecer!

Sob o Sol da Toscana
Sob o Sol da Toscana (Under the Tuscan Sun, 2003)
Esse faz parte da lista de filmes sobre recomeços pra ver na primavera que postei aqui no site. Conta a história de uma escritora que perde tudo num divórcio e compra um chalé na Toscana pra começar a vida do zero. Mesmo que algumas coisas deem errado, há algo que passa a pertubá-la mais que tudo: a falta de um amor. Quando as pessoas ao redor parecem apaixonadas e felizes, ela se sente deslocada e aprende que apenas quando paramos de procurar, deixando as possibilidades abertas sem esperar muita coisa, é que encontramos o que nem sabíamos estar procurando.

Procura-se um Amigo para o Fim do Mundo
Procura-se um Amigo para o Fim do Mundo (Seeking a Friend for the End of the World, 2012)
Quando a iminência de um asteróide faz com que as pessoas tomem últimas ações como seres à beira da extinção, Dodge recebe da vizinha as cartas de um antigo amor que ela recebeu por engano e nunca entregou a ele. Com duas semanas para o fim, ele vai atrás da mulher, mas a vizinha acaba indo junto quando o prédio é atacado. Culpada por não ter entregado as cartas a ele antes, decide ajudá-lo a realizar esse último desejo. No caminho percebem a importância da família, dos amigos, do amor e que nós nunca teremos tempo suficiente — mesmo se tivermos. Já falei muito bem desse filme aqui.

Namoro ou Liberdade
Namoro ou Liberdade? (That Awkward Moment, 2014)
Três amigos meio que são casados uns com os outros numa amizade de irmãos. Quando um deles termina o namoro, criam a regra de que nenhum deles vai se meter num relacionamento. Só que a vida é louca e todos se envolvem com meninas que nunca esperaram começar alguma coisa. Enquanto tentam entender o que está acontecendo com elas em segredo, lutam para que as amizades permaneçam as mesmas no processo. A lição é de que a vida pode ser muito aleatória. Se a gente esperar muito — ou nada — sobre algo, estaremos nos preocupando à toa e aproveitando menos.

Ela
Ela (Her, 2013)
O que a gente procura num relacionamento? Her é um filme leve que faz questionamentos profundos se você der dois minutos de atenção após os créditos. O que é necessário para nos apaixonarmos por alguém? De que vale o tipo ideal? E o sexo, a presença física, como conta nisso? O filme fala de um cara que se apaixona pela voz de um novo sistema operacional depois de um final conturbado de relacionamento. Acompanhando-o pelo celular quando na rua, a vozinha da Scarlett Johansson como Samantha faz qualquer um se apaixonar.

Amizade Colorida
Amizade Colorida (Friends With Benefits, 2011)
Um dos meus filmes preferidos! Justin Timberlake e Mila Kunis formam um par de amigos que transborda carisma quando ela o recruta de Los Angeles para New York como diretor de arte numa revista famosa. Ela só se mete com caras escrotos e ele não conhece ninguém na nova cidade. Depois de algumas cervejas e uma comédia romântica, eles têm a ideia de transar uma vez, sem compromisso ou complicação. Essa única vez vira algumas vezes e eles conseguem separar bem as coisas, até ela parar com o rolo para encontrar um namorado de verdade. Incansável!

Ruby Sparks - A Namorada Perfeita
Ruby Sparks - A Namorada Perfeita (Ruby Sparks, 2012)
Durante um bloqueio criativo causado pela falta de uma namorada e extrema solidão, um jovem escritor decide esboçar a personalidade de uma menina perfeita. O louco é quando ela toma vida e ele precisa aprender com as responsabilidades, como inseri-la e adaptá-la à nova rotina. Esse filme fala muito sobre nosso cultivo de expectativas destrutivas, de como tememos ficar sem ninguém ao redor e de como podemos ser ingratos pelas coisas que conquistamos.

Comer, Rezar, Amar
Comer, Rezar, Amar (Eat, Pray, Love, 2010)
Pra fechar a lista com chave de ouro, também falei desse filme na lista de filmes sobre recomeços pra ver na primavera. Com uma história similar à de Sob o Sol da Toscana, Comer, Rezar, Amar fala de uma mulher que tem a vida perfeita. O problema é que essa vida, pra ela, é tudo menos perfeita. Falta tesão, algo que a deixe nas nuvens, fora da zona de conforto desconfortável que criou. Ela se divorcia de um homem que a ama, perde a casa e voa pra Europa, esperando reencontrar o apetite, a fé em si mesma e um novo amor. Duas horas e meia de lições que mudam a vida.

Quais filmes você sugeriria? Comente pra gente saber!

10 filmes sobre recomeços pra ver na primavera14 filmes sobre gays adolescentes20 filmes de terror com finais surpreendentes5 filmes pra salvar amizades
FacebookYoutubeTwitterConheça o autor

Comente com o Facebook:

Últimos Artigos