Carregando...



Piquenique no píer da Praia da Brisa

Praia da Brisa por Enrique Coimbra

Sou dos que afirmam a possibilidade de fazer piquenique em qualquer lugar, a qualquer hora. Moro na periferia do Rio, na zona oeste, e já mostrei um pouco do que faço para me divertir por aqui num post fotográfico parecido com esse. Costumávamos fazer festas nos píeres da Praia da Brisa — vizinha de Sepetiba, no bairro de Guaratiba —, mas a tradição se perdeu.

Comemorando o aniversário de 21 anos do Eddie, amiguinho que se mudou para nossa Nárnia saindo do Recreios dos Bandeirantes (tem post fotográfico aqui também), vimos a desculpa perfeita para fugir das festas repetitivas da zona sul: um piquenique noturno no píer! Bons amigos, bom bolo e um monte de risadas compuseram a noite. Veja as fotos e se inspire!

Praia da Brisa por Enrique Coimbra

Praia da Brisa
Gustavo e Natasha.

Praia da Brisa por Enrique Coimbra

Praia da Brisa por Enrique Coimbra

Acima, o Fabio! Abaixo dá pra ver a posição de sereia do Eddie ao assoprar as velas! Legal que ele faz aniversário dia 19 de setembro, oito dias depois do meu aniversário e o do Discípulos de Peter Pan, no dia 11. Também notei que sou cercado de virginianos, especialmente no Clube dos Discípulos de Peter Pan! Veja as fotos do aniversário do siteo textozinho sobre minha história com o DDPP!

Praia da Brisa

Praia da Brisa
Patricia e Luca.

Praia da Brisa por Enrique Coimbra

Praia da Brisa

Na foto de cima não parece que o Eddie é um bruxo de frente pra fogueira convocando criaturas dos céus? No fim do post tem os detalhes de como fizemos essas fotos! Abaixo está a Natasha fazendo trabalho de inglês à luz de velas. O flash faz parecer que estávamos super iluminados, mas não: com velas e incensos, o clima ficou bem místico.

Praia da Brisa

Praia da Brisa

Praia da Brisa
Victoria.

Praia da Brisa
Penosa.

O que quero dizer com essas fotos é que você precisa de pouco para criar uma memória inestimável. Sozinho ou com amigos, qualquer lugar é local para celebrar a vida. E também não existe horário para se tornar consciente de que só se vive uma vez. Mesmo que você acredite em reencarnação, você como você é um evento irrepetível da natureza. Quem está falando isso não é um pseudo-guru positivista. É um moleque que tentou suicídio e enfrentou uma depressão braba! Confia em mim!

Praia da Brisa

Praia da Brisa
Victoria e um pedaço do Leo.
Praia da Brisa
Praia da Brisa
Gustavo, Fabio e Victoria foram os primeiros a dormir. Depois Patricia, Luca e Gustavo foram embora: o casal para o Recreio dos Bandeirantes e o solteiro para a rua de cima, perto da praia. Quando ficou mais tarde e a fome bateu, fomos para a casa da Victoria, onde fizeram um macarrão que não comi e o Fabio estendeu a soneca do píer. Quatro e pouca da manhã, eu e ele caminhamos para a minha casa casa. Fim.
Fotos por: todo mundo.
Câmera: Samsung Smart Camera ST150F
Efeitos de luz: flash em sincronização lenta.
Dupla-exposição: meu tutorial para Photoshop.
Fonte na capa do post: ilustração à mão numa Wacom Bamboo CTL-470.
Gostou das fotos? Te inspirei a fazer uma loucurinha? Comente!


Como conhecer pessoas legais no bairro?Acampando na Praia do Perigoso, RJSepetiba às 23 horas: tour pela periferia do RioComo fazer amigos depois dos 20 anos 
FacebookYoutubeTwitterConheça o autor

Comente com o Facebook:

Últimos Artigos