Carregando...



10 filmes sobre escrever livros

Discípulos de Peter Pan - DDPP - 10 filmes sobre escrever livros

Quando perco a paciência para escrever ou me encontro num bloqueio de procrastinação (porque criatividade tenho de sobra), assisto algum filme com escritores. Assistir gente escrevendo não dá vontade de escrever? Separei meus preferidos para motivar você!


Ligados Pelo Amor (Stuck In Love, 2013)
Já imaginou como seria incrível viver numa família de escritores? Sendo que sua irmã seria a Lily Collins e seu cunhado o Logan Lerman? Pois é. Stuck In Love chegou ao Brasil atrasado, mas as histórias de amor com veia literária, enredo dinâmico, sensibilidade e trilha sonora espetacular valem a pena. Me sinto inspirado pra caramba depois de assistir (e, acredite, já assisti milhões de vezes).

Adaptação (Adaptation, 2002)
Nicolas Cage interpreta um cara (e o irmão gêmeo dele) que precisa adaptar um best-seller da personagem de Maryl Streep. O filme é interessante pela veia cômica que nasce da procrastinação que todo escritor conhece, aquelas desculpas que inventamos para não escrever.

Autores Anônimos (Authors Anonymous, 2014)
Comedinha barata com a Kaley Cuoco, a Penny de The Big Bang Theory. O filme é sobre um grupo de escritores que opinam sobre o trabalho uns dos outros. Quando Hannah vira best-seller, eles têm de lidar com a inveja de verem uma colega atingindo o topo dos mais vendido. É legal porque mostra o processo de crítica e de como não há fórmula para que um livro dê certo.

Janela Secreta (Secret Window, 2004)
Baseado no livro de Stephen King, Mort (Johnny Depp) foi traído pela esposa e decidiu se isolar numa cabana para escrever um novo livro. O problema é que um caubói maluco aparece na porta dele, o acusando de plágio. É para mexer na cabeça com final interessantíssimo.


Jovens Adultos (Young Adults, 2011)
Já falei tanto desse filme aqui no DDPP que tô com vergonha. Mavis Gary (Charlize Theron) é uma ghost-writter — quem escreve livros baseados na ideia de algum autor (que ganha o crédito), na faixa dos 40 anos, escrevendo sobre adolescentes. Sem marido, sem filhos, sem nada que a prenda emocionalmente, decide voltar para a cidade em que vivia e reconquistar um amor do ensino médio, que está casado e acabou de ter bebê. Épico.

Versos de um Crime (Kill Your Darlings, 2013)
Sabe aquela cena do Daniel Radcliffe se pegando com um cara que rodou pelas redes sociais? Então, é desse filme. Daniel interpreta Allen Ginsberg, que se envolve com Lucien Carr (Dane Dehaan), iniciando a fase beat da literatura americana, aprendendo a viver de excessos e muita poesia. Por curiosidade, Jack Kerouac aparece nesse filme também, que se passa antes de On The Road. O filme nos inspira a escrever sobre aventuras que temos.

Sob o Sol da Toscana (Under the Tuskan Sun, 2003)
É romance, tá? Uma escritora decide tirar férias na Toscana depois que rompe um relacionamento. Claro que ela conhece um monte de gente inspiradora e um novo relacionamento aparece, mas achei legal citar pelo lado mais "humano" do processo criativo: a vida! Nada melhor do que escrever sobre aquilo que você conhece! Cada vida é uma história pronta para ser contada — e você não precisa ter dinheiro e viajar pra Toscana para que isso aconteça ;)

Louca Obsessão (Misery, 1990)
Sabe a Kathy Bates que interpretou Delphine LaLaurie em American Horror Story: Coven? Baseado na obra de Stephen King, ela interpreta uma fã alucinada que salva seu escritor preferido de um acidente. Enquanto cuida dele, tem a chance de ler um original não-publicado e último volume da série que acompanha religiosamente. A merda é que ela não gosta do final e passa a torturar o escritor até que ele reescreva o desfecho. É sufocante e Kathy é uma atriz monstruosa! Sempre me deixa encucado achando que um discípulo revoltado com meu trabalho no site vai querer me matar...

Mistérios e Paixões (Naked Lunch, 1991)
Feito de pura psicodelia, lembra a vibe onde escritores estavam mais para astros do rock, criando arte a partir das experiências mais loucas com drogas. Esse filme é insano, onde um escritor falido trabalha como controlador de pragas em residências e começa a usar o pesticida como droga para ter as mais insanas trips. É divertido, apesar de maluco, e trabalha uma perspectiva que os outros filmes dessa lista não se atreveram.

Garotos Incríveis (Wonder Boys, 2000)
Não é o último da lista por ser menos importante, mas porque quis fechar com chave de ouro. Com elenco composto por Michael Douglas, Tobey McGuire e Katie Holmes, conta a história de um escritor best-seller que está preso num bloqueio criativo há muito tempo. Quando encontra em um de seus alunos a genialidade inata, o acompanha numa aventura social maluca, enquanto tenta lidar com a gravidez de sua amante e as investidas safadas de uma aluna que mora com ele, num quarto alugado.
Tem algum filme que te inspire a escrever? Comente!
15 vantagens de livros digitais sobre físicosComo usar Kindle no PC e baixar livros de graça5 livros gays pra ler num final de semana

FacebookYoutubeTwitterConheça o autor

Comente com o Facebook:

Últimos Artigos