Carregando...



Pergunte a um garoto: sobre peludos, chuca, barba e masturbação

Veja mais perguntas
Dúvidas respondidas!
DDPP - Discípulos de Peter Pan - Pergunte a um garoto

Sabe aquela dúvida que você sempre teve mas nunca perguntou pra ninguém por vergonha ou por achar que ninguém poderia ajudar? Que tal peguntar a um discípulo? No caso, eu, Enrique! Na nova coluna Pergunte a um garoto, suas questões sobre sexo, beleza, comportamento e qualquer coisa podem ser respondidas! Quer enviar uma dúvida? Escreva "Perguntas" no assunto do e-mail e envie sua pergunta para discipulosdepeterpan@gmail.com!

***

Nunca me envolvi com homens adultos. Moro numa cidade pequena e meus namorinhos são bobos, com garotos da minha idade e que não ligam muito para pelos e essas coisas. Eu sou peludo e gostaria de saber se para homens gays de cidades maiores isso faz alguma diferença. — Pedro, 17.

Vai de preferência pessoal, até mais do que costume de uma cidade inteira. Existem tribos de homens que preferem peludos, outros preferem lisos, mas também parte do que você prefere. O legal das cidades grandes é a pluralidade de pessoas com gostos completamente opostos, que se reúnem num só lugar. Por higiene, é bom manter suas partes íntimas ao menos aparadas, pra facilitar a limpeza. Porém, não precisa ficar 100% depilado para se sentir atraente. Como você se sente mais confortável? Ah, falando nisso vai ter guia de depilação caseira para garotos aqui no DDPP! Fica ligado!

Tenho que fazer lavagem no bumbum toda vez que for fazer sexo anal? O que acontece se eu não fizer? — Luis, 18.

Algumas pessoas — incluindo meninas que praticam sexo anal com seus parceiros — insistem em dizer que a lavagem (ou chuca) é indispensável. Eu digo que depende de muitos fatores *atenção, porque eu vou falar de cocô* a consistência do seu cocô, o que você ingeriu nas últimas 12 horas, se foi no banheiro mais cedo... várias circunstâncias influenciam na hora do sexo anal. A lavagem é necessária para não sujar com pedacinhos de fezes ou o líquido que sai da sua bunda por causa do atrito com o pênis — que precisa estar de camisinha. Quem conhece o próprio fluxo fecal ou já acumulou experiências, sabe se precisa ou não fazer a chuca. Se você ainda não tem certeza de como seu intestino funciona e acha que vai ficar paranoico se não fizer, melhor experimentar. Não fica neurótico, pois quem gosta de bumbum está habituado com esse tipo de coisa! Não se martirize caso dê merda — com perdão do trocadilho. Outra coisa pra ficar ligado é que não pode fazer muita chuca, pois existem bactérias benignas vivendo na sua bunda. Limpar muito pode fazer mal. Em breve vou lançar um guia sobre isso também!

Fazer barba é um pesadelo! Sempre me machuco e fico com coceira. Alguma dica para aliviar esse problema? Procurei em sites de moda, cuidado masculino, e não achei nada que funcionasse. O DDPP não é sobre beleza, mas achei que você poderia saber. — César, 22.

Minha pele é muito fina e minha barba meio grossa, resultado: também me corto. Bastante. Tentei gel de barba, cremes específicos, mas nada funcionou tão bem quanto giletes para peles femininas e condicionador de enxague para cabelos. Geralmente molho o rosto com água quente do chuveiro, passo o condicionador com rosto e mãos molhados, e começo a me barbear no sentido dos pelos — nada de ir contra o sentido deles, senão encrava e machuca. A cada passada da gilete, retiro o excesso de pelos nas lâminas mergulhando o barbeador na água ou com palito de dentes. Quando termino, molho o rosto com água gelada para fechar os poros, seco bem o barbeador limpo e pronto!

Me sinto culpado depois de me masturbar. Como não me sentir assim? — Cláudio, 18.

Você se sente culpado pois parte da cultura — especialmente religiões — nos disse que sentir prazer, ainda mais sozinho, é errado. O subconsciente — ou até consciente — faz você sentir que está cometendo um pecado ou algo moralmente horrível para a sociedade. Compreenda que a intimidade é sua e ninguém precisa saber. Se acredita em deuses, seja quais forem, saiba que eles não dão asas às cobras, portanto se sua mão está ao alcance do pinto (ou pepeca, pras meninas) é porque você pode — e deve — usá-lo. Tanto que médicos e sexólogos não cansam de afirmar que a masturbação é uma atividade saudável se não atrapalhar sua vontade de fazer sexo com outras pessoas ou que influencie negativamente sua rotina como um vício. Se masturbando você louva o corpo que a natureza te deu, descobre mais sobre seus prazeres e evita câncer de próstata. Se a culpa persistir, procure um psicólogo, sexólogo ou alguém com cabeça aberta e experiência para conversar. Leia também três textos aqui do site:

- Masturbação
- Por que você não transa?
- 10 momentos pra se perguntar "por que não?"

E quando quiser curtir seu prazer sem neura ou sujeirada, tente:
- Como masturbar sem sujar: injaculação


***


Envie sua pergunta para discipulosdepeterpan@gmail.com com o assunto "Perguntas".
Todos os nome serão trocados para manter o sigilo dos perdidos.

Fluidez sexualComo se dar bem no Tinder, Grindr, BenderO que é gouinage? Pra quem não gosta de penetraçãoMinha 1ª vez como ativo: estereótipos e condicionamento
FacebookYoutubeTwitterConheça o autor

Comente com o Facebook:

Últimos Artigos