Carregando...



Pergunte a um garoto: confiança, roupas de mulher e maconha

Veja mais perguntas
Segunda edição!
Discípulos de Peter Pan - DDPP - Pergunte a um garoto

Sabe aquela dúvida que você sempre teve mas nunca perguntou pra ninguém por vergonha ou por achar que ninguém poderia ajudar? Que tal peguntar a um discípulo? No caso, eu, Enrique! Na Pergunte a um garoto, suas questões sobre sexo, beleza, comportamento e qualquer coisa podem ser respondidas! Quer enviar uma dúvida? Escreva "Perguntas" no assunto do e-mail e envie sua pergunta para discipulosdepeterpan@gmail.com!

***

Me envolvo com muitos garotos escrotos e agora conheci um que parece diferente. O problema é que não consigo confiar nele por tudo que passei com outros meninos. Como saber se ele está sendo sincero ou só quer me colocar na coleção? — Sabrina, 20.

É muito difícil julgar as intenções de alguém sem estar no cotidiano. A melhor maneira de saber se ele está sendo sincero ou um completo canalha é conhecendo-o. Vá para alguns encontros no cinema, lanchonete, e até para caminhadas. Evite programas mais íntimos, como ficar sozinha na casa dele. Participando mais da rotina do moleque fica mais fácil perceber verdadeiras intenções, pois ele não vai conseguir manter a máscara por muito tempo. Fique atenta!

Sou homem e gosto de usar algumas peças femininas, como saias, botas e gargantilha. Meus pais se acostumaram, mas meu medo de sair assim na rua é de ser atacado verbal e fisicamente por outras pessoas. O que você acha que eu devo fazer? — Carlos, 22.

Eu saio na rua de chapéu e fui zoado algumas vezes por isso, pois jovens andando de chapéu não são comuns por aqui. Disso aprendi que qualquer coisa que as pessoas considerem diferente, mesmo que sejam legais, usarão risadas e xingamentos como primeira reação defensiva. Porém, a zoação leve que recebi por usar chapéu pode não chegar perto da zoação que você precisará aguentar por usar peças femininas sendo homem.

Enrique Coimbra

Quando um homem se transveste de mulher, fica menos difícil das pessoas aceitarem pois conseguem categorizar logo o estilo de comportamento sob a etiqueta "ele é travesti". Quando um homem usa poucas peças femininas e não é encaixado facilmente sob uma etiqueta, causa mais estranhamento. No seu lugar, eu equilibraria as peças femininas pra formar uma identidade fashion, não apenas usar as roupas por serem femininas. Montando um estilo, facilita que as pessoas entendam que você se veste assim por uma razão pensada, não simples vontade de "se tornar mulher" — como ignorantes acusarão. Siga seu coração, seu bom senso e não deixe de ser quem você é. O novo é novo por uma razão: pouca gente viu.

Segui seus conselhos e preferi esperar para fumar maconha quando aparecesse alguém que tivesse comprado fora do tráfico. Minha melhor amiga ganhou de uma senhora que planta em casa só para experimentarmos, mas estou com medo de meus pais perceberem os efeitos depois! Nem eu e nem ela temos coragem de experimentar por causa disso! Socorro! — Paulo, 17.

Muito legal vocês terem me escutado sobre a compra de maconha! Mas olha, indico que tirem uma noite tranquila, onde só vocês estejam em casa e que seus pais só cheguem no dia seguinte. Se não for possível, vão para a casa de um amigo que queira fumar e façam isso lá, aproveitando pra dormir por lá também, para quando vocês acordarem os "indícios" terem passado. Os efeitos só dão pra perceber na hora, pois os olhos ficam vermelhos, a fala mansa e um pouquinho desconexa, pois vocês vão pensar em mil coisas ao mesmo tempo — se não morrerem de sono, o que é normal. Vocês também vão ficar com fome e sede, então não ataquem a geladeira como animais. Evitem fumar dentro de casa e se escondam dos vizinhos. Fiquem numa área aberta onde o cheiro possa se perder, e caso os olhos fiquem muito vermelhos, piguem colírio para aliviá-los. Boa sorte na experimentação!

***

Envie sua pergunta para discipulosdepeterpan@gmail.com com o assunto "Perguntas".
Todos os nome serão trocados para manter o sigilo dos perdidos.

Eu e as drogasLibere seus demônios: razões para fazer merda vez ou outraSaindo do armário - Vlog Sem HBi-curioso ou bissexual: tem diferença?
FacebookYoutubeTwitterConheça o autor

Comente com o Facebook:

Últimos Artigos