Carregando...



10 filmes sobre jovens solitários, incompreendidos e incríveis

10 filmes sobre jovens solitários, incompreendidos e incríveis

O tema dessa semana é jovens idosos, aquelas pessoas — não apenas jovens — que se sentem fora de época. São chamados de "velhos" pelos familiares, de "chatos" pelos amigos e ao mesmo tempo servem como totem de confiança quando o assunto é responsabilidade. O lado ruim para um jovem idoso se aceitar — ou qualquer pessoas que não compreenda a inestimabilidade da própria personalidade — é que o mundo critica qualquer coisa. Se ele não quer sair e falar com todo mundo, se não quer beber a ponto de passar mal ou se não quer largar o mundo que criou na própria mente, é personificado como alguém "errado". Esses filmes nos lembram que não há nada errado em ser o que se é e que as pessoas mais incríveis são tachadas de "esquisitas" por pessoas secas e julgadoras.

Forrest Gump, o Contador de Histórias (Forrest Gump, 1994)
Forrest Gump, o Contador de Histórias (Forrest Gump, 1994)
E se um cara considerado "estúpido" participasse das maiores mudanças dos EUA e tivesse um dos corações mais bonitos que você chegasse a conhecer? Esse é Forrest Gump, personagem cativante num filme incrível e aclamado até hoje. Demorei um tempo para assistir — e parte da minha vontade de vê-lo veio da música de mesmo título do meu futuro marido, Frank Ocean —, mas depois que assisti vi mais duas vezes de tão maravilhoso. É sobre amor, aceitação, superação e muita história para contar!

Billy Elliot (Billy Elliot, 2000)
Billy Elliot (Billy Elliot, 2000)
Imagine uma sociedade extremamente machista e ignorante que... bem, não precisa imaginar. A gente vive numa sociedade assim. Um moleque é treinado pelo pai para lutar boxe, mas é encorajado a fazer balé porque possui a arte na veia. Ele se apaixona pela dança, enfrentando todos os tipos de preconceito possíveis! O filme é encorajador, envolvente pra caramba e com final esplêndido. É obrigatório na filmoteca de todo jovem incompreendido — na idade que for. Assista com a família!

Donnie Darko (Donnie Darko, 2001)
Donnie Darko (Donnie Darko, 2001)
Suspeito de sofrer com esquizofrenia, Donnie é um moleque "estranho" dos anos 80: ríspido, individualista e rebelde. Quando um coelho gigante e bizarro o salva de ser atingido pela turbina de um avião que ninguém sabe de onde veio, ele se torna o messias de um mundo que acabará em pouco tempo. Será que é realidade? Será que Donnie é esquizofrênico mesmo? Um dos meus filmes preferidos, tem Jake Gyllenhaal e Drew Barrymore no elenco. Sem falar que a trilha sonora é de partir o coração e o final de embaralhar a mente.

Frances Ha (Frances Ha, 2013)
Frances Ha (Frances Ha, 2013)
Outro filme que sou declaradamente fã é Frances Ha. Frances não é jovem de idade — já na casa dos 30 anos —, mas todos os questionamentos e a busca por uma vocação, companhia e um lugar no mundo, generaliza a realidade de que todos nós precisamos nos encontrar antes de esperar qualquer tipo de aprovação exterior, justamente para cagar para ela. Falei do filme aqui e no artigo "20 lições que aprendi com Frances Ha".

Tão Forte e Tão Perto (Extremely Loud and Incredibly Close, 2011)
Tão Forte e Tão Perto (Extremely Loud and Incredibly Close, 2011)
Oskar é uma daquelas crianças que nasceram com o cérebro funcionando a todo vapor, facilmente identificáveis pelas grandes capacidade intelectuais. Ainda sem digerir o fato de que o pai morreu na queda das Torres Gêmeas, encontra uma chave que o guia para uma busca pela cidade de New York, onde se desenvolve como ser humano e aprende com os outros o que importa nessa vida. Você vai chorar um bocado.

Preciosa - Uma História de Esperança (Precious: Based on the Novel Push by Sapphire, 2009)
Preciosa - Uma História de Esperança (Precious: Based on the Novel Push by Sapphire, 2009)
Se você acha que sua vida é uma merda é porque não conhece a história de Precious. Ela é uma garota negra, acima do peso, estuprada pelo pai, atacada pela mãe, ignorada pela sociedade, analfabeta e, é claro, pobre. Não espere mundos rosinhas ou a capacidade de sonhar aqui. É um soco no estômago. Dá vontade de chorar, de bater em alguém e de fazer o mundo ser mais justo para todo mundo. É uma experiência incômoda e dolorosa de assistir.

A Invenção de Hugo Cabret (Hugo, 2011)
A Invenção de Hugo Cabret (Hugo, 2011)
Outro filme cheio de sensibilidade e jovens incompreendidos é A Invenção de Hugo Cabret, que narra a história de Hugo tentando ligar a última invenção do pai: um robozinho. Última invenção porque o pai do garoto morre e ele passa a viver sozinho, com doze anos de idade, numa estação de trem parisiense. A jornada de Hugo é ligar o robô e se virar para sobreviver na Europa do século 20...

A Mentira (Easy A, 2010)
A Mentira (Easy A, 2010)
Olive não era uma menina solitária e incompreendida até ser chamada de piranha no colégio. Depois que uma mentirinha de que ela perdeu a virgindade com um cara mais velho roda a escola e os garotos resolvem se aproveitar do boato para se promoverem, ela fica no dilema entre assumir a verdade ou abraçar esse boato para ter a atenção das pessoas. É quando ela começa a perceber que a atenção não vale a pena, já que quando você não é mais útil, ninguém liga se você está bem ou não. Se amar é a chave para viver bem.

A Família Addams (The Addams Family, 1991)
A Família Addams (The Addams Family, 1991)
Não só esse filme da Família Addams, mas também o segundo, fazem parte de uma das melhores representações de "desertados" da sociedade que aprenderam a se virar muito bem sozinhos. Aprendi com essa família que os defeitos que temos podem ser defeitos para os outros, mas se aprendermos que nada é 100% negativo ou positivo, tendo noção de que somos o que somos e dane-se, a vida é muito mais musical, engraçada e milagrosa. Era meu filme de cabeceira quando tinha sete anos.

Poder Sem Limites (Chronicle, 2012)
Poder Sem Limites (Chronicle, 2012)
Alguns desses jovens solitários, incompreendidos e incríveis acabam caminhando por uma estrada escura quando o mundo se mostra hostil. É o que acontece com um dos três meninos que ganham poderes de um cometa radioativo — ou algo do tipo. Juntos desenvolvem habilidades telecinéticas ilimitadas que culminam em eventos desastrosos para a mente e uma cidade dos Estados Unidos.

Qual filme você indicaria? Comente!

10 sinais de que você é jovem idosoSou o alien do bairro 10 músicas sobre sair do bairro/cidade que te prende10 filmes de alienígenas estilo found footage
FacebookYoutubeTwitterConheça o autor

Comente com o Facebook:

Últimos Artigos