Carregando...



Como se incluir em grupos

DDPP - Como se incluir em grupos
Falei no vídeo "Como ser carismático e superar timidez com 5 dicas" que hoje consigo ser extremamente sociável, puxado para grupos sem esforço — e até contra minha vontade. Mas nem sempre foi assim. Ainda passo por momentos em que um grupo é tão fechado que fico envergonhado por estar no mesmo ambiente que eles, que se divertem, riem e não se importam de eu estar absolutamente sozinho.

No vídeo "Cadê minha tribo" e no texto "Quero achar minha tribo", confessei que durante a faculdade pulei entre grupos com comportamentos diferentes para perceber que eu não pertenceria a nada por inteiro, aproveitando o momento ao lado de quem fosse. Nesse guia ensino como se incluir em grupos já formados para curtir um show para qual você foi só, para melhorar a dinâmica no trabalho ou quebrar barreiras da escola/faculdade — e também para saber quando seu esforço não vale a pena.

ANALISE O GRUPO
Algumas pessoas são consideradas metidas porque respeitam o quadrado dos outros ou são envergonhadas e se trancam no próprio. É bom chegar no grupo com um sorriso e simpatia verdadeiros. Se você for forçado, chegando por algum interesse supérfluo, uma das pessoas vai farejar suas intenções e amarrar a cara para ti. Porém, se chegar com respeito, carisma e curiosidade, as chances de abrirem os braços serão maiores. Sendo assim:

- Observe o que o grupo conversa e quando perceber que o assunto está dentro do seu conhecimento, emita sua opinião.

- Quando emitir sua opinião, não o faça como dono da razão. O faça deixando questionamentos abertos para outras pessoas acrescentarem opiniões e detalhes. Isso faz com que você some à conversa, não a concluindo onde não deveria como o intruso chato.

- Se aproveite de bom humor. Não confunda essa característica com fazer piadas preconceituosas ou insensíveis. Bom humor é levar na esportiva, fazer trocadilhos inofensivos e mostrar que está tendo um bom momento através do sorriso.

- Se forem ariscos, chegue devagar, com paciência e calma para não assustar o grupo. Se forem agitados e calorosos, se aproveite para soltar o frango que existe dentro de você — desde que exista de verdade! Nada de inventar personalidade onde não tem!

ANALISE VOCÊ
Já reclamei de nunca me sentir incluído em grupo algum, como falei no vídeo "Me sinto fora de lugar". Depois de tempos, quando a amizade com esses grupos ocorreu de forma mais orgânica (e lenta), vieram me dizer que morriam de curiosidade sobre mim, mas que eu parecia fechado, na minha. Sabe por que isso acontecia? Eu era tímido — e ainda sou, por mais que não pareça.

Preste atenção nas suas atitudes, pois mesmo que para você seja claro que quer fazer amizade com a galera, como você se expressa pode não estar tão óbvio. Dê atenção caso eles falem com você, responda cumprimentos com entusiasmo honesto e se mostre disposto! Supere a vergonha com meu vídeo-tutorial "Como ser carismático e superar timidez com 5 dicas", pois ser educado funciona! Eu mesmo experimentei e comprovei!

QUANDO NÃO SE INCLUIR?
Listei motivos e sinais comuns que avisam: "olha, esse grupo não é para você". Saca só:

- Quando você sente que precisa se tornar outra pessoa ou esconder quem é para se encaixar;

- Quando as pessoas do grupo são preconceituosas, sádicas, cruéis ou babacas;

- Quando você não se sente confortável;

- Quando você está interessado em algo que eles podem oferecer, em vez de querer conhecer as pessoas propriamente;

- Quando eles ficam interessados apenas em algo que você tenha para oferecer.

Não mude quem você é. Assista meu vídeo "Superar medo de julgamento" para aprender uma lição que te ajudará absolutamente! Não vale a pena querer se encaixar entre pessoas que não te admiram ou que te sacaneiam por sua personalidade. Economize energias para quando encontrar pessoas que estejam dispostas a somar mais do que a zoar.

Como se divertir sozinhoComo passar o ano novo sozinho em casaCADÊ MINHA TRIBO? - Vlog Sem HQuero achar minha tribo

Comente com o Facebook:

Últimos Artigos