Carregando...



É possível namorar sem sexo?

Veja mais sexualidade
Sexo é mesmo essencial?

Funcionar, funciona! Só que sexo não está limitado à penetração — como nossa sociedade machista, hipócrita e falsa moralista ensina! Namorar sem sexo, seja por motivos religiosos ou pessoais, funciona quando o casal se gosta e aprende a dialogar, mantendo o equilíbrio ideal para o ecossistema do amor funcionar. Duvida?


O QUE É SEXO PARA VOCÊ?
Transar no sentido convencional é utilizar genitálias para penetração ou estímulo, mas para a sociedade só vale se estiver sem roupa. Beijo na boca não é um tipo de sexo? Claro que um selinho ou colante apaixonado na rua não chega a ser caracterizado como uma foda, mas um beijão apaixonado na cama não conta? Um beijo na nuca? Um estímulo visual e sensorial além da regra enfia-e-tira? O corpo inteiro é composto por pontos "G". Um pouquíssimo utilizado — e de que dependo indispensavelmente — é o cérebro. Você quer me levar para a cama? Leve meu cérebro ás alturas. Me instigue, desafie minha inteligência e controle. Isso, para mim, faz parte do sexo. Daí partimos para as atividades físicas complementares.

COMO NAMORAR SEM SEXO?
Antes de mais nada, leia o artigo "Por que não tenho vontade de transar?" para entender se a falta de vontade sexual  nasce de você de forma biológica — como eu e o artigo "O que é gouinage? Sexo sem penetração" — ou por condicionamento cego do que a sociedade impôs como "correto". Depois de saber se a falta de vontade é sua mesmo — ou até se você é assexual —, não tenha receio de assumir para quem se envolver. Não adianta começar o relacionamento escondendo essa peculiaridade, sem deixar a pessoa ciente de que sexo não está nos planos do momento, e só contar depois. Isso vai gerar brigas e frustrações.

Deixe a pessoa ter a reação e tempo dela. Explique sua condição e abertamente, sem tabus, discutam quais serão as "saídas" para a falta de sexo convencional. O que poderiam fazer fisicamente que equilibraria a felicidade dos dois? Será que vez ou outra não dá para você abrir exceção em vez de exigir que o outro abra mão do que está acostumado o tempo inteiro? Esse tipo de conversa pode ser livre de traumas se estiverem dispostos a ouvir um ao outro francamente.

A PESSOA NÃO ACEITA A FALTA DE SEXO
Sabe por que essa pessoa não aceita a falta de sexo? Porque ela não é obrigada! Nem você é obrigado a gostar de sexo para estar com alguém. O segredo é se relacionar com quem esteja disposto a entender seu funcionamento — e espero que você se abra para entender o dele. Leia o artigo "O que é assexualidade?" e procure outros assexuais! Ou gouines! Mas não é justo julgar a preferência do outro sendo que você odeia ser julgado pela sua. Somos livres para sermos o que quisermos desde que não façamos mal a ninguém. Não está satisfeito? Ou melhoram juntos ou bye, bye!

CONCLUSÃO
Sou gouine, praticante de gouinage, então não curto penetração na hora do sexo. Mas nos meus namoros rolou quebra da exceção ao menos uma vez. É natural depois que você passa um tempo com a pessoa, sabe? Nem que seja tentando agradá-la ou por vontade natural de satisfazer o parceiro e experimentar algo diferente para variar. Legal é possuir preferências, mas não ser quadrado ou egoísta em excesso — que, como disse no artigo "Conheci no Grindr: Namorado #3", é algo que preciso aprender também.

Dignidade não é medida pela perfeição do hímen ou pelas vezes que comeu ou ofereceu a bunda. Dignididade é um conjunto de valores da personalidade que te tornam uma pessoa íntegra, justa, honesta e educada. Sua vida íntima, desde que saudável para evitar doenças e gestações precipitadas, é só sua. Certifique-se de fazer ou não fazer sexo por sua moral, não porque alguém pregou que tem que ser assim ou assado.

O que é assexualidade?CADÊ MINHA TRIBO? - Vlog Sem HComo contar pro cara que você não gosta de penetraçãoBi-curioso ou bissexual: tem diferença?

Me chamo Enrique "Sem H" Coimbra e além de ser criador do Discípulos de Peter Pan, sou YouTuber no canal enriquesemh e lancei três livros, que podem ser comprados neste link, tanto em versões digitais quanto físicas. Aproveite para curtir minha fanpage, se inscrever no meu canal, me seguir para receber novidades no Twitter (@enriquesemh), no Instagram (@coimbraenrique), e curtir a fanpage do DDPP! Ah, também estou no Tumblr! Para ler mais sobre mim, acesse minha biografia!

Comente com o Facebook:

Últimos Artigos